Siga-nos

icon-fbicon-yt

slogan-blog

Especialistas em Perda de Gordura e Tonificação Muscular

Qual O Melhor Tipo De Treino Para Perder Massa Gorda?


hiitA resposta é simples:

 

O treino de "força", isto é, o treino de resistência metabólico (MRT) e o treino intervalado de alta intensidade (HIIT) são os treinos que melhores resultados têm na perda de massa gorda, bem como na melhoria da condição física.


O treino de força consiste basicamente em levantar pesos e pode incluir exercícios com o próprio peso do corpo (agachamentos, flexões, burpees, elevações, pranchas, lunges, etc.), peso morto, remada, press de peito/ombros, exercícios com a bola medicinal, kettlebell swings, power cleans, etc. Este treino de resistência metabólico (MRT) é o tipo de treino em circuito, no qual fazemos vários exercícios seguidos com pouco ou nenhum tempo de descanso entre séries.

O treino intervalado de alta intensidade (HIIT), tal como o nome indica, é um tipo de treino que alterna períodos de trabalho de alta intensidade (anaeróbicos, por exemplo sprints) com períodos de recuperação menos intensos.


A conjugação destes tipos de treino vai fazer com que o corpo esteja sujeito a novos estímulos. Estes tipos de treino fazem aumentar a força, a velocidade, a saúde cardiovascular e a massa muscular, sendo esta o principal "ingrediente" do nosso corpo para queimar gordura (para que tenha a noção da importância deste facto, saiba que o músculo queima 70 vezes mais calorias que a gordura!). Isto é, quanto maior a quantidade de massa muscular, mais alta será a nossa taxa metabólica de repouso e, quanto mais alta a taxa metabólica de repouso, mais gordura vamos queimar. Este é um dos métodos que utilizamos no PesoCerto, e essa é uma das razões pelas quais os nossos alunos conseguem perder uma grande quantidade de gordura de forma rápida e segura (veja aqui os alguns dos nossos casos de sucesso)


Além disto, há ainda outro fenómeno fisiológico que importa destacar, mais conhecido por EPOC (Excess Post- Exercise Oxygen Consumption). O EPOC, de uma forma resumida, é o consumo adicional de oxigénio, que necessitamos para repor as reservas de energia. Este EPOC é tanto mais alto quando maior a intensidade do exercício que fazemos, portanto, a intensidade, ao contrário da duração do exercício, tem uma maior influência na queima de gordura após a realização do treino. Não pense apenas nas calorias que queima durante o exercício (na verdade isso é pouco importante), pense nos mecanismos fisiológicos que são desencadeados para recuperar do esforço feito. Isto significa que a verdadeira queima de gordura dá-se enquanto está a trabalhar ou a dormir (quando o corpo esta a recuperar da malha que levou) e este efeito pode durar entre 6 e 48 horas, dependendo da intensidade e duração da sessão de treino.

 

Concluindo, o exercício aeróbio é a pior opção que tem à sua disposição se o seu objetivo é queimar gordura e melhorar a suacondição física, logo, se fizer apenas este tipo de treino, o seu metabolismo vai ficar mais lento e mais propício a acumular gordura. O treino aeróbico apenas eleva o EPOC por alguns minutos após o exercício, constituindo, portanto, a pior opção para queimar gordura, por estas razões, deve ser utilizado como complemento do treino.

 

Sendo assim, a chave para perder massa gorda está na intensidade do trabalho e na conjugação destes tipos de treino.

 

Temos mesmo de sofrer muito, mas é tão bom!

 

 

Comentários  

 
0 #2 Manuela Santos 21-04-2013 23:00
Um artigo muito interessante. Incentiva-nos a dar o nosso máximo, a quebrar barreiras durante os treinos.
O meu obrigada a todos os profissionais do Peso Certo de Coimbra.
Citar
 
 
0 #1 Renata 21-04-2013 15:09
..sprints...os tao duros sprints! :cry:
Citar
 

Comentar


Código de segurança
Actualizar

Pesquisa

Por Data

Powered by mod LCA